tamanho da letra : imprimir

Emocione-se com as obras de arte da natureza

shutterstock_194123174

Os desenhos geométricos das lagoas e as esculturas de areias das dunas tornam o roteiro entre os Lençóis Maranhenses e Jericoacoara um passeio surpreendente. E, para completar, a região tem praias lindas e tranquilas para você aproveitar

A viagem dos Lençóis Maranhenses, no Maranhão, até a Praia de Jericoacoara (ou apenas Jeri, como ficou mais conhecida), no Ceará, faz parte da rota das emoções. Pudera. Essa é mesmo uma das mais surpreendentes viagens do Brasil, com cenários maravilhosos que vão fazê-lo se sentir em meio a uma galeria de arte a céu aberto, construída há milhares de anos pela mãe natureza. Esculturas de areia formadas pelas dunas – algumas com até 40 metros de altura – e lagoas com formas labirínticas desenhadas pelas águas azuis contornadas por areias brancas lembram obras geométricas de artistas abstratos. Sem contar que esse arrebatador acervo natural tem ainda algumas das mais lindas praias brasileiras.
A viagem tem início na charmosa São Luís, no Maranhão. Na parte da manhã, você irá se encantar ao visitar o centro histórico, em que casas e sobrados coloniais têm suas fachadas enfeitadas por azulejos portugueses pintados a mão. De tarde, seguirá para Barreirinhas, porta de entrada para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, onde vai aproveitar o dia caminhando pelas dunas e pelas trilhas de terra e de areia, com direito a refrescantes mergulhos nas águas cristalinas das lagoas e dos riachos. As grandes estrelas da região são a Lagoa Azul e a Lagoa Bonita.
O passeio de voadeira pelo Rio Preguiças é outro programa que não se pode perder. Emoldurado por açaís e buritis, entrando em canais chamados igarapés, você fará uma pausa para visitar uma casa ribeirinha e uma pequena fábrica de artesanato. Depois, vai seguir até o povoado de Vassouras, conhecer o famoso farol de Mandacaru, de onde irá apreciar a vista lá de cima dos Pequenos Lençóis e do mar. Um show.

 

shutterstock_365393441

101_1926
A charmosa e pequena Praia de Caburé, no município de Barreirinhas, é uma maravilha que precisa ser aproveitada. Entre o Rio Preguiças e o mar, dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, você terá o privilégio de dar um mergulho em água salgada e depois em água doce, em meio a um paraíso natural. Apesar de isolada, a vila de Caburé possui algumas casas de pescadores e pousadas. Nos poucos restaurantes você não pode deixar de provar o saboroso arroz de cuxá, prato do Maranhão, preparado com camarão seco, leite de coco e erva vinagreira, típica da região.
Atins é uma cidade rústica, mas muito simpática, que você vai adorar conhecer. O passeio a pé para as dunas é repleto de lindas paisagens. E, depois da caminhada, vale um mergulho na famosa Lagoa Verde, uma das únicas em que dá para nadar mesmo na época da seca. Na praia, com mar azul-turquesa, pode-se ver uma das margens do Rio Preguiças e apreciar o belo pôr do sol. Ah! Não se espante se, enquanto estiver lá, vir passar algum carro de boi puxando carga… esse é apenas alguns dos toques de volta ao passado do lugar.
Não deixe de ir ao restaurante da Luzia, que prepara os deliciosos supercamarões, crocantes por fora e macios por dentro, cuja fama vai muito além de quilômetros e quilômetros de distância de lá.
A próxima parada depois de Atins é Parnaíba, no Piauí. Durante o percurso terá a chance de ver vilarejos pitorescos até chegar à cidade no Delta do Parnaíba. Depois da viagem, a pedida é descansar.
Logo pela manhã, seu rumo será Jeri, de carro, em meio ao cenário formado por dunas e rios. Assim que chegar a Camocim, uma balsa o levará até o outro lado do mar e a viagem vai prosseguir pela praia até o vilarejo de Tatajuba para, em seguida, alcançar Jericoacoara.
Eleita uma das mais belas do planeta pelo jornal Washington Post, a Praia de Jericoacoara fica em Jijoca de Jericoacoara, no Ceará. Seu mar é perfeito para windsurfe e o vento, uma bênção para quem pratica kitesurf. Mas se o seu objetivo é descansar, não se preocupe: relaxe em uma das refrescantes lagoas da região enquanto curte o visual do entorno.
Outro programa obrigatório é fazer uma deliciosa caminhada até a Pedra Furada. Ali, você pode pegar um bugue e rodar em direção ao vilarejo do Preá e à Lagoa do Paraíso, duas atrações que merecem a visita. Provavelmente, você ficará tão encantado com a região que vai querer ir ao máximo de lugares possível. Mesmo assim, reserve um dia para não fazer nada em Jeri: vai ver como é bom relaxar no meio do cenário lindo antes de retornar da viagem.

Quem leva
Auroraeco Viagens
Tel. (11) 3086-1731
www.auroraeco.com.br

 

Melhor época
De maio a setembro, quando as lagoas estão cheias e a paisagem fica ainda mais deslumbrante. No período de estiagem, de outubro a março, algumas lagoas secam, mas o visual continua encantador. Em Jericoacoara, o sol brilha o ano inteiro. Quem deseja menos agitação deve evitar o verão, porque as praias costumam ter muita gente. A temperatura é alta o ano inteiro, com ventos fortes e com épocas de chuva entre março e maio.

 

shutterstock_340256225

Piscina

 

Porto Preguiças
Nos Lençóis Maranhenses, às margens do Rio Preguiças, fica o Porto Preguiças, único resort da região, sob medida para descansar com todo o conforto. São 44 acomodações, apartamentos e suítes, cada uma com aquela sedutora rede na varanda esperando por você. A decoração do espaço mistura elementos atuais com peças de artesanato regional, criando um ambiente acolhedor para passar dias gostosos.
Cercado por um belíssimo jardim, o ponto alto desse enorme resort é a quantidade de opções de lazer – o que é ótimo, especialmente quando se viaja em família. Salão de jogos, piscinas, vôlei de praia, caiaque, bocha e parque infantil. O Porto Preguiças tem ainda uma olaria aberta aos hóspedes, boa terapia para quem quer descansar a mente soltando a imaginação para criar peças artesanais.

 

IMG_5587

IMG_5602

 
O restaurante Perppers é ótima pedida, com receitas tradicionais de peixes e frutos do mar e alguns pratos típicos, como carne de sol e galinha caipira (criada no próprio resort).
A propriedade tem um pomar para você visitar e comer as frutas colhidas no pé. Também vale fazer caminhadas às margens do Rio Preguiças e sentar-se em um dos bancos para ver o lindo cair da tarde.

 

Porto Preguiças
www.portopreguicas.com.br

 

_B1A8258 giardino di mattino taglio maschera

 

Pousada Vila Kalango
Bem de frente para o mar de Jericoacoara, encostada à Duna do Pôr do Sol, está a charmosa Pousada Vila Kalango, cercada por um grande jardim, em que cajueiros e coqueiros reinam quase absolutos. São 24 acomodações, divididas em apartamentos, bangalôs e palafitas – essas últimas ficam a 3 metros do chão, sobre colunas de eucalipto. O destaque são as Palafitas Altas, com varandas que lhe darão o privilégio de ter o mar e a duna como cenário durante os seus dias de descanso.
O serviço da Vila Kalango é atencioso, com a vantagem de que a equipe é formada por moradores da região e que, por isso, costuma dar ótimas dicas de passeios. Fora isso, a pousada oferece muitas atividades para quem é esportista. Ali mesmo, você pode aprender ou aprimorar técnicas de kite, windsurfe, surfe e stand up paddle, na Escola Ticowind Jeri, que funciona na propriedade. Há também uma guarderia, onde os hóspedes velejadores podem guardar os equipamentos sem custo adicional ou alugar equipamentos modernos.

 

_MG_8059 reception

_MG_8170 quarto confort 19 base luce def

 
Dentro da Vila Kalango também está o Luma Espaço Relaxante, com diversas massagens e tratamentos para recarregar as energias. A piscina de 19 metros, rodeada por espreguiçadeiras, com aquela visão para a praia e a duna, é convite para dar um mergulho no final da tarde. Para encerrar o dia, a Vila Kalango é o lugar perfeito para acompanhar o mais famoso pôr do sol do Ceará. Um lounge, com redes e pé na areia, completa o cenário de paz e tranquilidade.

 

Pousada Vila Kalango
www.vilakalango.com.br

 

_MG_5136 veranda vista quarto base

_MG_5687 bungalow de sharme a noite taglio

 

Pousada Rancho do Peixe
Na Praia do Preá, a Pousada Rancho do Peixe é um dos melhores lugares para se hospedar na região. O espaço tem 22 bangalôs com cobertura de palha de carnaúba, construídos sobre deques de madeira retirada de áreas de reflorestamento. Alguns deles dão de frente para o mar e outros estão cercados de coqueiros. Cada bangalô – para até quatro pessoas – tem deque privativo, varandas, redes e espreguiçadeiras particulares.
A propriedade tem piscina de 25 metros, lounge para descanso, bar, pizzaria e restaurante que serve pratos com influência da cozinha regional e um exclusivo menu para vegetarianos. A Pousada possui um SPA, com vista para praia e que oferece diferentes tipos de massagem, tratamentos de pele e cuidados terapêuticos.

 

_B1A5749 cafe al mattino  base def
Para quem quer aproveitar os dias de viagem para praticar atividades físicas, há muitas opções. Além de passeios a cavalo, é no Rancho do Peixe que fica a famosa escola de kitesurf Rancho do Kite, uma das melhores do mundo – e ali mesmo você aluga o equipamento, além de fazer aulas.

 

Pousada Rancho do Peixe
www.ranchodopeixe.com.br

Comentários


Deixe um comentário




O comentário não representa a opinião da revista Host&Travel; a responsabilidade é do autor da mensagem